Está com o nome sujo no Serasa? Clique aqui

É inegável que a situação econômica em que o país se encontra contribui para o aumento do endividamento, mas não podemos culpar apenas isso. Se você está entre os 60 milhões de brasileiros inadimplentes, existem maneiras para você sair dessa.

Infelizmente não temos o hábito de poupar dinheiro. Gastamos tudo que ganhamos e ás vezes até um pouco mais. Mais se ficarmos só lamentando o problema não irá resolver.

Está com o nome sujo no Serasa? Clique aqui

Está com o nome sujo no Serasa? Clique aqui

Muitas pessoas perderam o emprego nos últimos anos e sentiram o dinheiro ficar ainda mais curto. As famílias precisaram fazer escolhas de quais contas pagar e, por isso, o número de endividados subiu.A crise econômica e o desemprego são os principais motivos para o aumento da inadimplência.

Como sair dessa?

Faça as contas cuidadosamente de preferência coloque tudo no papel, valor da renda mensal e quais gastos são realmente “essências” (luz, água, aluguel) .Priorize o pagamento dessas contas. O objetivo é descobrir o valor disponível mensalmente para ser utilizado no pagamento da dívida.

Verifique quantas pendências financeiras existem no seu nome e anote a proposta feita pelas empresas credoras.Após saber quanto pode pagar, comece a negociar suas dívidas. Lembrando que o valor das prestações nunca deve ultrapassar o valor disponível da sua renda.

Verifique quais dívidas tem taxas de juros mais altas. Estes credores devem ser priorizados. Caso exista mais de uma pendência, tente negociar para que todas as prestações juntas caibam no seu orçamento.Sair dessa situação não é fácil e nem rápido, mas sem dúvida alguma é possível. Enquanto estiver pagando as dívidas controle os gastos e tente reduzir despesas.

Leia também:

BMG cartão de crédito sem consulta ao SPC